Nutrição Funcional

Reaproveitamento dos alimentos

Na correria do dia a dia, não nos damos conta da importância das "sobras" de alguns alimentos que consideramos, muitas vezes, inaproveitáveis. Mas esses alimentos, como cascas, sementes, folhas e talos de frutas, podem ser utilizados, sim! Além de evitarem o desperdício, eles colaboram para uma melhor qualidade de vida, uma vez que são ricos em vitaminas e outros nutrientes.

A educação é um fator essencial até para o trato com os alimentos. Precisamos evitar o desperdício, promovendo o reaproveitamento integral de frutas e verduras. Com um pouco de criatividade, o que antes tinha como destino o lixo, passa a ser a refeição principal de muitas famílias. É possível criar várias receitas com cascas de frutas, talos, folhas, sementes e outros alimentos que não são considerados nobres.

Estudos mostram que a alimentação saudável e rica em nutrientes, imprescindível para o bom funcionamento do organismo, pode ser alcançada com partes de alimentos que normalmente são desprezadas pela população. Assim, o ideal é aproveitar tudo que o alimento pode oferecer como fonte de nutrientes.

Para evitar o desperdício, é importante atentar a todo o processo, que inclui a compra, a conservação e o preparo da comida. Na hora da compra, dê preferência a legumes, hortaliças e frutas da época. Para armazenar, escolha locais limpos e temperaturas adequadas a cada tipo de alimento. No preparo, não se esqueça de lavá-los bem, descascá-los com atenção e utilizar apenas a quantidade necessária para cada refeição.

O aproveitamento integral de legumes, verduras e frutas pode gerar até certa estranheza nas pessoas devido a pouca informação sobre os princípios nutricionais e sua forma de aproveitamento. Mas essa prática, como um todo, além de reduzir os gastos com alimentação, melhora a qualidade nutricional, especialmente em vitamina C, vitamina A, ferro, potássio entre outras vitaminas e minerais, já que em muitos alimentos, o teor nutritivo desses elementos é maior do que em relação à própria polpa.

Mas o que podemos aproveitar dos alimentos? Preparamos uma lista de partes dos alimentos que você pode e deve reaproveitar: 

  • Folhas de: cenoura, beterraba, batata-doce, nabo, couve-flor, abóbora, hortelã, mostarda, repolho, brócolis e rabanete.

  • Cascas de: batata inglesa, cenoura, chuchu, beterraba, abóbora, laranja, banana, abacaxi, mamão, maçã, pepino, berinjela, melão, maracujá, goiaba e manga.

  • Talos de: couve-flor, brócolis, beterraba, salsinha, couve e espinafre.

  • Entrecasca de: melancia e maracujá.

  • Sementes de: abóbora e melão.

Algumas dicas de como utilizá-los:

  • As cascas de frutas como goiaba e abacaxi podem ser batidas no liquidificador para virar sucos, que por sua vez podem ser aproveitados para substituir ingredientes líquidos no preparo de bolos.

  • A casca da laranja fresca é uma boa pedida para pratos doces à base de leite, como arroz-doce e cremes.

  • A parte branca da melancia pode virar um delicioso doce, preparado da mesma forma que o doce de mamão verde.

  • Cozinhe as verduras a vapor, assim elas conservam o seu valor nutritivo.

  • Evite consumir folhas com aparência amarelada.

  • Quando ralar a casca do limão, nunca chegue à parte branca, pois ela é amarga e pode prejudicar o sabor.

  • Talos de couve, agrião, beterraba, brócolis, salsa etc. contêm fibras e podem ser aproveitados em refogados como temperos no feijão, em ovos batidos e em sopas.

  • Assim como a cenoura, suas folhas, também são ricas em vitamina A e podem ser utilizadas no preparo de tortinhas, sopas ou nas saladas.

  • A água do cozimento das batatas acaba concentrando todas as vitaminas e pode ser aproveitada para fazer purê. Para isso, é só juntar leite em pó e manteiga.

  • As cascas da batata, depois de bem lavadas, podem ser fritas em óleo quente e servidas como aperitivo.

Confira no nosso site receitas que separamos especialmente para você por em prática o conhecimento que adquiriu nesse artigo.